Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens.

Violada por 2, inconsciente, mas em clima de sedução, diz o Tribunal do Porto

21.09.18

Relação do Porto .jpg

 

Estou aqui piursa com o caso da jovem de 26, que foi alegadamente violada por 2 funcionários numa discoteca e cujo Tribunal da Relação do Porto decretou pena suspensa aos dois arguídos.
 
Ora bem, aproveitando que ela estava alcoolizada, os dois arguídos (um porteiro e outro barman), quando a discoteca já estava fechada levaram amiga a casa, enquanto o outro, levou a vítima para o WC. Segundo o relato da vítima, ela não se lembra de quase nada, tendo estado inconsciente grande parte do tempo. Fica a descrição que tirei do Diário de Notícias:
 

"altura em que [Marcos], verificando a incapacidade da ofendida de reger a sua vontade e de ter consciência dos seus atos, resolveu e com ela manteve relações sexuais de cópula vaginal completa, depois de a ter despido da cintura para baixo, mantendo-lhe a roupa a meio das pernas, só recuperando a consciência, a ofendida, e, voltando a si, ainda no mesmo local, quando deitada no chão, com a cabeça encostada à porta de entrada, sentiu um empurrão na porta, ouvindo nesse momento as vozes dos arguidos, que reconheceu, pretendendo [Paulo] entrar também na casa-de-banho.

"Momentos depois a ofendida perdeu novamente a consciência só voltando a recuperar os sentidos quando ouvindo as vozes dos dois arguidos e sentiu umas palmadas na zona dos seus glúteos (...)."

Segundo o relato do tribunal, a seguir só se lembra de acordar no sofá, já vestida, quando lhe atiraram água à cara. Seriam já nove da manhã quando o porteiro Paulo a levou a casa no seu carro. Durante o percurso, o homem pediu-lhe para esquecer o sucedido "pois não podia colocar em causa a sua vida pessoal e familiar e que lhe daria em troca o que quisesse, incluindo dinheiro."

 

A vítima foi depois ao hospital, onde lhe foram feitos vários exames e ficou registado que apresentava "várias equimoses, algumas com mais de cinco centímetros, no abdómen, nas nádegas, nas coxas, e marcas visíveis de nós de dedos e de dedos". Ainda assim o acórdão considerou que "não há danos físicos [ou são diminutos] nem violência". Oi?

 

Mas há mais!  Ao telemóvel, nas escutas, um disse coisas como "ela estava toda fodida" ou "ela estava toda desmaiada no quarto de banho"

Ainda assim, o Tribunal da Relação do Porto considerou que não houve premeditação  - o que é de bradar aos céus! Afinal, quando levam uma amiga a casa e resolvem "ficar com a vítima", isso revela o quê? Caridade?

 

O Tribunal chega mesmo a considerar que houve um "ambiente de sedução mútua".

Que é o que me deixa ainda mais zangada! Muito zangada! Então, uma mulher está mal-disposta, a vomitar, ficando depois inconsciente e ainda assim há sedução? Como, senhores, como? E já agora, mesmo que ela tivesse seduzido ANTES E QUANDO ESTVA CONSCIENTE, a partir do momento em que ela está incosciente, o acto passa a ser uma violação. Logo há crime, certo?! Ou será que por ela estar inconsciente, ela é menos vítima?! Ou o sofrimento menor?! É essa a mensagem que o Tribunal quer passar?!

 

As bilheteiras do Metro do Porto

21.11.17

metro-do-porto.png

 

Falar mal da CP? Check

Falar mal do Metro de Lisboa? Check

 

Segue-se agora o Metro do Porto, porque amigos, nem este escapa! Para mim o Metro do Porto é mais um comboinho. Nesse sentido, espero menos dele! Não espero grande velocidade, nem espero que sejam mais frequentes - se poderia ser, podiam, pois! Mas uma pessoa aceita! Eu, por exemplo, já aceitei que se quero ir para o aeroporto (o segundo maior do país!) tenho apenas 3 metros por hora. E sei que terei de ir em pé e a fazer acrobacias com a mala!

 

Agora o que eu gostava mesmo de ver nas estações do metro do Porto, era ver as máquinas a funcionar!

No passado domingo, das 3 máquinas na Estação de Campanhã, só duas funcionavam. E obviamente que havia fila e, sim, perdi o metro e tive que ficar ali mais 20 minutos à custa disto! Estava lá um funcionário, a quem comentei da máquina, ao que me respondeu (adivinhem lá!), “isso não é comigo, menina!” E para que não digam que eu sou dramática, das 6 bilheteiras do aeroporto, apenas 4 estavam em funcionamento - sim, eu fui ver! Só na curiosidade!

 

E sabem o que foi mais giro? Aqui a menina comprou o bilhete e na hora de validar, deu luzinha vermelha! Chamei novamente o senhor! Moral da história, parece que alguns cartões novos (atenção, eu comprei um novo cartão, não recarreguei um velho) simplesmente não funcionam! Como? "Tem acontecido" disse ele! E disse-me também que tinha de comprar outro! Como?

Menos mal que tinha o recibo comigo - aliás, tendo em conta o bem que funcionam e todo o meu historial, quer no Metro de Lisboa, quer no Metro do Porto, peço sempre o recibo na máquina!

 

Ao longo dos anos, já presenciei outras histórias no Metro do Porto, que isto, na hora do desastre, nem sempre foi drama na primeira pessoa! A saber:

  • Numa estação com apenas uma máquina, não ser possível comprar o cartão do metro, porque já não havia cartões disponíveis.
  • Vi num dia de inverno e chuva, um revisor a passar uma multa a uma senhora com um carrinho de bebé, depois de assumir que sabia que a bilheteira no sitio X estava fora de funcionamento. A solução dele para a lesada, era que tivesse ido à estação mais próxima.
  • Querer comprar um bilhete no aeroporto e nenhuma das máquinas que deveriam aceitar cartao, funcionavam - na altura, julgo, existiam 3 máquinas.

Continuo?

Não são os turistas pá, é a ganância

18.09.17

Porto_locais a visitar no porto.jpg

 

Ainda a propósito da tão na moda turismofobia, há uns tempos falava aqui que o problema não são os turistas, mas sim a gestão (pá). Fossem as câmaras, as leis e quem decide mais eficientes, mais rápidos, mais resolutos, mais muita coisa e tudo iria melhor. Na altura escrevi, que a par da gestão, outro problema era a ganância. Afinal, o turismo cresceu, mas os profissionais continuam a ganhar misérias…. miseráveis.

 

Numa tarde no Porto, pude apreciar mais dois belos mentos da ganância em todo o seu esplendor.

 

1) “Vamos à Ribeira beber uma cerveja?”

Vamos, pois. Já se sabe que sairá cara, mas vamos. Tão lindinho o Douro. No primeiro lugar, sentámo-nos e levantámo-nos assim que vimos o talão do antigo cliente: 4,50€ por uma Super Bock… aquele foi no Batalha, mas eu levantei e segui.

Lá arranjamos um sítio (ligeiramente) mais baratinho e que:

  • Mandou-nos levantar e sentar na parte traseira da esplanada. Os lugares da frente são apenas para quem come.

Só o facto de ter ficado tão incrédula é que me impediu de levantar o rabinho e ir para outra freguesia.

  • No mesmo local, vimos depois um cartaz que dizia qualquer coisa como “cafés só acompanhados de refeição”- E ISTO?????

 

2) Sete e pouco da tarde e já andamos nós pelos Clérigos.

Numa pracinha onde antes não havia nada, sentámo-nos para aproveitar os últimos raios de sol. Na esplanada ao lado, chega um casa de espanhóis que pede 2 bebidas. O empregado, num espanhol bem decente, diz-lhe que não. Àquela hora só mesmo jantar e se quisessem apenas beber, ali não poderia ser. Tinham de se ir embora. O casal, obviamente, foi-se embora. 

 

Há algum tempo que não assistia a um festival de ordinarice, como este. Raios!

Fui a Portugal uma semanita e pensei:

28.12.16

No Porto

Porto.jpg

 Os Jamigos!

Os croissants do Porto são os melhores!

E este sol?

Francesinha ou arroz de polvo?

Make Porto podre again!

Reconhecer a seriedade de quem (ainda) vende minis a 50 cêntimos no centro do Porto.

Ir ao S. João ver o Climas do Circolando. Muito bom. Muito bom.

Pessoas que são o Porto e sentem o Porto. Pessoas de Ermesinde.

As pessoas estão mais felizes.

 

 

Em Coimbra

 

Casa. 

Coimbra continua a mais linda!

Lençóis polares. Pijama polar. 87 mil cobertores e botija de água quente.

E este sol?

Os croissants da Arco Íris são os melhores!

O Mandarim abriu? O quê? É um bar de "shots"?

Perguntaram-me se era caloira e disseram que era lovely.

Ir beber café e acabar a ouvir fado de Coimbra. 

Ir ao Salão Brasil ver um espectáculo e continuar tudo igual.

Nunca mais é Natal. Estou cheia. O Natal já passou.

A minha avó é a rainha do Snapchat.

As pessoas estão mais felizes.

 

 

Em Lisboa

E este sol?

As pessoas estão mais felizes.

Miss Japa fechado oooooooooooh!

Gente que compra casa. Gente que se vai casar. Gente.

Não me lembrar onde fica o Purex.

Ficava mais uns dias.

E se eu voltasse para Portugal?

Pessoas do Porto: isto é verdade?

28.11.16

Captura de ecrã 2016-11-28, às 17.31.44.png

 

Digam-me toda a verdade, haviam mesmo centenas de pessoas a receber os reis de Espanha no Porto?

Se souberem também onde é que foram buscar aquelas bandeirinhas de Espanha, digam-me, porque eu ainda estou assim meia que em choque!

 

Primeiro, por ver portuenses de uma república a aglomerarem-se para dizer hola ao Filipe e à Letizia e depois, por ver portugueses tão felizes com bandeiras de Espanha. Em cinco anos em Madrid, nunca nenhuma destas duas almas conseguiram ser aplaudidas num mesmo espaço por centenas de espanhóis - falo sério. Nem na aclamação isso aconteceu, excepto no Congresso. Por mais que os ângulos das fotografias publicadas na imprensa tentem mostrar o oposto, em Espanha não saem de centenas de pessoas à rua por eles, assim que, por favor, alguém me esclareça isto. Agradecida! 

Pensamentos Portugueses durante as férias

08.08.16

Fui à terrinha passar semana e meia de férias, com direito a boda e peixe e praia pelo meio, eis alguns dos pensamentos que voaram pela minha cabeça durante estes dias:

 

No Porto

porto potugal.png

12 horas depois de chegar ao Porto: - Raios, que saudades disto! Que se lixe tudo, vou voltar!

- Francesinha!!!!!! Francesinha! Francesinha!

- Que riqueza de sol!

- Quero um café, por favor.

- Ar condicionado no metro do Porto é mito... menos mal, que estão só 40 graus lá fora e Portugal a arder.

 

 

Em Coimbra

ferias portugal.png

- Coimbra continua a mai-linda!

- Como? 70 cêntimos por um café! Está tudo doido?!

- A Ferreira Borges é a nova capital da cortiça?

- Nãããããão!  Fecharam a Coimbra Editora!

 

 

Em Lisboa:

- P"#$ que pariu o trânsito, as obras e as estradas de Lisboa! Raça de cidade!

- Mas como é que é possível? Agosto e esta cidade cheia de gente!

- Epa! Tantos turistas! Sacanas dos tuk-tuks!

- A sério metro de Lisboa: 3, três, TRÊS CARRUAGENS (apenas)?

 

 

Na Arrábida

arrabida.png

Oh! A Arrábida!! É desta! É desta, é desta que largo tudo e venho para aqui viver. Monto um turismo rural e acabou-se. Vou ser feliz aqui! Adeus escritório, adeus vida de computador!

 

 

Em Grândola:

Será que os habitantes de Grândola sabem que o Zeca Afonso não nasceu, nem viveu, nem morreu aqui?!

 

 

Pela costa Vicentina

cabo sardao.png

- Mesmo lindo!

- F#"&-se que água fria! Raios partam, nem o aquecimento global aquece isto!

- Como??? 60 euros por uma noite no quarto de hóspedes da sua casa? Estão todos loucos na Costa Alentejana?!?!

- Férias em Agosto, nunca mais!!

- Sol bom.

 

- Tens o protector?

- Raios, que sol mais quente! Está que queima!

- Abençoado ar condicionado!

- ... e o peixe grelhado. E os mariscos e a sapateira!