Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens.

Quando é que ir a um casamento ficou tão caro?

07.08.19 | Maria vai com todos

casamento.png

 

A sério pessoas, quando é que ir a um casamento ficou tão caro? Hoje em dia, o casamento virou negócio. Dos convidados espera-se roupa nova e penteado finesse. Depois, há ainda que contar aquilo que se gasta em deslocação e, na maioria das vezes, há ainda que passar a noite no local, seja porque é longe ou porque depois de uns copos a mais, ninguém quer ir ao volante!

Até aqui tudo bem, mas depois (e é aqui que a porca torce o rabo) há que pagar. Sim, há que pagar para ir um casamento, porque Buda nos livre se não damos dinheiro aos noivos? E embora ninguém fale nisso com os noivos, há como que um pacto secreto, onde toda a gente sabe que menos do que X euros não é aceitável. O valor varia, não tanto pelos noivos, mas em função do sítio escolhido para a boda. Quanto mais chique a valer, mais se espera que o convidado pague.

Já para não falar de quando os convidados são casais! E se têm filhos, Nossa Senhora de Fátima que os ajude, pois ainda terão de pagar mais!

A coisa é tão ridícula que pessoas deixam de ir a casamentos, supostamente bonitas celebrações de amor entre duas pessoas de quem gostam, por não ter dinheiro!

 

No fundo,  não somos convidados para ir a um casamento: pagamos a inscrição! Uma pena que pelo meio, não nos deixem nem escolher o menu, nem a bebida, nem o loca ou a música da festa!