Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Interrupção da gravidez na Irlanda: Ou recuperar fé na humanidade

referendo-irlanda.jpg

 

A Irlanda é dos países europeus com uma das leis mais duras no que toca ao aborto. Sem que a vida da mãe esteja em risco, não se faz e não se pode. Nem havendo má formação do feto, casos de violação, o que seja! Não se pode.

A beatice extrema (a Irlanda é um país extremamente católico) explica a lei actual - e a razão pela qual tantas mulheres na Irlanda apanham voos da Ryanair para abortar em Londres. Isso ou 14 anos de prisão! Adiante.

Vai haver referendo - uhuh!

E, juro, emocionei-me ao ver nas redes sociais testemunhos de pessoas a viajarem para a Irlanda apenas para votarem a favor de uma lei pela interrupção legal. Pessoas que estão em a viver em Londres, Berlim e até em Bangkok.Outras há que se oferecem a pagar viagens de comboio ou voos a quem preciso. É bonito!

 

 

2 comentários

Comentar post