Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

300 padres, mais de mil menores abusados

igraja-abusos-de-menores.jpg

 

Por que será que sempre que sai uma nova história que implica padres e abuso de menores a dinâmica é sempre a mesma?

Padres abusam de menores, encontram forma de os silenciar. O caso descobre-se. Padres encobrem padres - sendo que na loucura, o maior castigo é movê-los para outra paróquia. Aanos e décadas depois, a história sai a público - quando sai! O Vaticano cala-se. E quanfo fala, censura e pede desculpa. E logo mais padres pedem desculpa.

Com mais ou menos atenuantes, a rotina é esta.

Até quando?

O novo escândalo é agora na Pensilvánia, nos Estados Unidos, onde se provou que durante mais de 70 anos (sete décadas senhores!), mais de 300 padres abusaram de mais de mil menores. A Igreja sabia. A Igreja encobriu. Já ninguém se choca, já ninguém se surpreende.

A nvestigação durou dois anos e começou quando um senhor de 60 anos, relatou os abusos de que foi alvo quando era menor. Agora, que os casos foram provados, ainda que muitos foram prescritos, outros continuam em silêncio, já para não falar das muitas vítimas que faleceram - e padres culpados também. A Igreja Católica terá de pagar mais de mil milhões de dólares de indemnizações a mais de 1800 vítimas de abusos dos últimos 15 anos - o que convenhamos, para a Igreja são esmolas.