Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Tenho uma amiga nova que largou tudo e anda a viajar

Cada vez que vejo aqueles artigos do tipo ele-largou-tudo-e-anda-há-ano-a-laurear-a-pevide, dá-me um nervoso. Um nervosinho misturado, com irritação, inveja, vontade de fazer o mesmo (e se?) e ansiedade. Eu também quero ter coragem de largar tudo e ir viajar. Quero andar de mochila às costas, conhecer gente, ver sítios (bonitos e feios) e sentir-me viva todos os dias.

Mas e o medo? E a ansiedade? E se depois não arranjo trabalho? E depois o que é que eu faço? E a vida de todos os dias? O dinheiro para o dia seguinte? Raios.

A minha amiga nova é do Peru e chegou esta semana lá a casa e está a dormir no chão da sala - eu venho de uma longa linhagem de amigos de amigos, que enviam amigos a amigos e amigos de amigos, em busca de alojamento - eu mesmo já beneficiei de dormidas no chão em cozinhas alheias.
A minha amiga tem 34 anos, trabalhou para um banco e viveu em vários países. Tem carro e já comprou casa. Recentemente fartou-se, faltava paixão e começou a poupar para viajar. Contou-me que quando tomou a decisão, guardou-a só para ela, para evitar comentários, críticas ou bocas foleiras. Só quando tinha o dinheiro que necessitava é que se despediu e depois, contou à família e amigos. 

Ela ainda agora começou, seguem-se outros destinos e é vê-la feliz, bonita, bronzeada, com boa cara e boa energia. E eu? Eu estou invejosa, claro está! é só penso "e se...".

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2