Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Poupar para viajar

Para não dizer todos, direi quase toda a gente que eu conheço, diz que gostaria de viajar. De ir a A, B ou C. Mas há sempre um "mas" e esse "mas" está relacionada com falta de dinheiro e/ou tempo. O segundo eu entendo, mas quanto ao primeiro... há de fato muitas formas de poupar dinheiro para viajar. Da próxima vez que perguntares a alguém "Como é que tens dinheiro para tudo isto!", pensa que essa pessoa POUPA - não, nem todos viajam financiados por pais ricos ou empregos milionários! E note-se, quem o faz, não é menos viajante por isso!

Além disso, viajar é também descobrir ou explorar novos locais. A primeira viagem não precisa de ser ao local de sonho. Eu tenho adiada a Patagónia, a Islândia, a Nova Zelândia e Madagáscar, por saber que são viagens caras, que para já não possa fazer. O que significa que até lá, não possa ir a outras.
Vamos ao ponto? Aqui ficam dicas para poupar e viajar.

 

1. Evitar a terceira cerveja, adiar o segundo cigarro

 Não sou radical. Acho que se pode sair, estar com amigos e ir beber copos e poupar na mesma. Mais barato do que a discoteca é fazer festa em casa! Faz mesmo falta beber cinco cervejas ou fumar cigarro atrás de cigarro? Vamos moderar.

 

 

2. Compras inúteis? Não, obrigada

 Há uma serie de coisas que compramos todos os dias que não nos fazem tanta falta assim: mais um vestido, um novo casaco, um jogo para a PlayStation, etc. Evitar impulsos, ter as prioridades claras. E pensar: estas calças custam 10 euros. Se eu vou ao Camboja, com esse dinheiro consigo pagar duas noites num hostel - ou até mais, acreditem! 

Fazer esta conversão e dar um novo valor ao dinheiro é das melhores formas para poupar. Foco! Foco!

 

 

3. Andar com o farnel atrás

comida.jpgDesta forma evitam-se os almoços fora do trabalho e gastos. Se pensares bem, não te limitas a pagar um almoço, ele é a bebida, mais um docinho e um café. Multiplica por cinco vezes por semana, quatro semanas por mês e faz as contas. Imagina o quanto podes poupar!

Além de comer menos fora de casa, anda com fruta, bolachas e iogurtes atrás. Assim evitas o bolinho nas pastelaria ou gastar um euro numa garrafa de água. Todos os cêntimos valem, sobretudo quando pensas nas deliciosas comidas (e baratas) que podes comer por esse mundo afora.

 

 

4. Dar descanso ao carro

Pai_tailandia.jpg

 

                                               Pai, na Tailândia

Eu entendo que para muita gente o carro é mesmo a única forma de transporte, mas custa-me acreditar que em muitos casos não haja alternativas. Já pensaste em ir de bicicleta? Ou dividir o carro com amigos ou colegas de trabalho? E ao fim-de-semana, faz assim tanta falta ir de carro tomar um café, só para evitar subir o Chiado?

 

 

5. No supermercado...

 Organiza-te. Decide previamente o que vais comer em cada dia e chega ao supermercado de lista em punho e não te deixes cair em tentação, aka doces, chocolates ou bolos. Limita-te ao que realmente precisas e perde uns minutos a comparar preços, optando por produtos de marca branca, por exemplo.

 

 

6. Traçar um plano alternativo de poupança

poupar viajar.png

Há vários na Internet. Escolhe um plano de poupança REALISTA, que possas cumprir, imprime-o e segue-o à risca. Saber que em um ano ou em meio ano, já angariaste X é sempre uma motivação.

 

 

7. Repense os seus gastos

 Será que faz mesmo sentido gastar mais de metade do salário na renda da casa? Não será melhor repensar opções para poder poupar um pouco? E se vê duas horas de TV por dia, valerá mesmo a pena pagar a TV por cabo? O mesmo com o telefone fixo. 

Outro exemplo: o ginásio. Diz a verdade, pagas 60 euros por mês e vais lá... duas vezes ao mês? Opta por fazer desporto ao ar livre, junta-te com amigos e poupa esse dinehiro.
Repensa nos teus gastos diários mensais e diários e reflecte sobre como poderás melhorar e, mais importante, poupar.

 

 

8. Um part-time?

 Sim, por que não? Escreve uns artigos para receber uns trocos extra! Ou dá aulas/explicações! Arranja um trabalho num bar!

 

 

9. Vende-se!

 Está em casa? Olhe à sua volta! Precisa de tudo isso? Qual foi a última vez que usou aquele caso de Inverno? Ou a panela de pressão? Livre-se de coisas inúteis e ganhe dinheiro com isso. Além dos vários mercados onde pode vender as coisas que não necessita, pode sempre juntar-se a amigos e fazer uma venda conjunta. Outra opção são sites como o OXL, por exemplo.

 

 

10. Dinheiro extra!!

POUPA-O. Entendeste, poupa-o!!

 

No momento de planear a viagem há também várias formas para poupar dinheiro. Sê realista, procura países que te interessem e que ao mesmo tempo sabes que poderás pagar. Evita agências. Vivemos no tempo da Internet, pesquisa por ti. Procura hosteis baratos, viaja de comboio, compra no local, em vez de reservar online e, muito importante, compra o voo com cerca de 90 dias de antecedência.

 

 

 Também DURANTE A VIAGEM PODES POUPAR!

No que toca ao alojamento, pesquisa online e sobretudo, no local, perde uma meia hora a visitar locais, à procura do mais barato. Afinal, só lá vais dormir, não é verdade? Mas se estás interessado em mais dicas, clica aqui.