Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

O Japão é um lugar estranho

Não é nada! É bem fofinho, mas sim, há umas quantas bizarrias! E caso estejas a pensar em viajar até ao país do Sol Nascente, aqui ficam umas dicas sobre o Japão! Vale mesmo a pena! Eu voltava agora mesmo!

 

As sanitas

sanitas no japao.jpg

 

Jactinho de água para limpar o rabinho. Jactinho de água para as partes mais íntimas. E o melhor? Há um botão que permite aquecer a sanita, ficando bem quentinha e gostosa. Se isto não é uma ideia genial, eu não sei o que será! 

O bizarro?  Há um botão que simula a descarga da água, com o som do autoclismo. O objectivo? Caso alguém estiver com umas necessidades mais pesadas e barulhentas, disfarçar o ruído.

 

 

A vida embalada

japao.jpg

A fruta não parece ser muito popular no Japão e é francamente caras! Mas o mais engraçado é que quase toda a fruta vem embalada em doses individuais ou aos pares. Aliás, embalar parece ser comum no Japão. Muitos bolinhos de feijão, estão embalados. Se comprarmos uma caixa de bolachas, por dentro, elas vêm distribuída em saquinhos. Muitas vezes só conseguia pensar no absurdo que era o gasto de tanto plástico!

 

 

Corredores e corredores de noodles

noodles japoneses.jpg

Aquele é tipo o corredor do leite do Pingp Doce: infindável. Adorava saber japonês só para entender quanta variedade de sabores e gostos de noodles pode existir!

 

 

Mensagens nos templos

japao templos.jpg

Este não é uma bizarria, é mais um detalhe curioso. Nos templos, é comum deixarem mensagens e até desenharem, numas "tábuas de madeira" que existem exactamente para esse fim. Essas pequenas tábuas têm diversas formas, podem ser gatinhos, esquilos, veados, corações, etc. Cada um escreve, pinta, desenha e decora  a sua como bem quer, para depois pendurar, ordeiramente, junto do altar.

 

 

Os kimonos e as Gueixas

gueixa kyoto.jpg

Sim, elas ainda existem. Sobretudo em Kyoto.  E é comum vê-las no bairro de Gion, onde ainda há várias casas de chá e espaços, cujo entretenimento é feito pelas geixas. Gion é uma das zonas mais "japonesas" de Kyoto, com casinhas baixas e de madeira. Foi aqui que me armei em fã louca e, a morrer de vergonha, pedi a uma geixa que me deixasse tirar uma foto. Mais envergonhada do que eu, só por educação, ela me disse que sim. Assim que, aqui fica esta foto como recordação do embaraço das duas.

Nas ruas de Kyoto é possível ver algumas senhoras vestidas com os kimonos, muito lindinhas. E são sobretudo as mulheres mais velhas que os vestem. Também vimos muitos turistas, sobretudo chineses, que se passeavam por Kyoto vestidos de kimono, só porque sim... mas falta-lhes a graciosidade.

 

 

As mascotes

mascotes japao.JPG

No Japão, parece haver mascotes para tudo. O acima estava à porta de cabeleireiro em Kyoto.

 

 

Macacos à solta

floresta bamboo kyoto.JPG

 

                                       Floresta Bamboo, em Kyoto

 

E coelhos e bambis e gatos! Sim, no Japão há cidades/localidades que se tornam atracão, pelos animais à solta. E falo sério, quando digo que andam à solta! Havendo até regras sobre como nos comportarmos junto deles - "não olhar os macasos nos olhos", "não comer juntos dos veados", etc. Eles entram nas lojas, estão à porta dos museus, atravessam a estrada, etc. Um dos meus locais favoritos no Japão, foi Nara. Além de um antigo templo com um Buda gigante, havia muitos, muitos bambis.

 

 

Salões de jogo

japao jogos.jpg

Ok, ok, todos sabemos como eles são dados às tecnologias e ao video games! Mas locais como este estão mesmo por todo o lado! Eu entrei uma vez e não voltei. Assumo: é viciante. Dá-se uma moeda para uma bolinha, mais uma para conseguir o carro e mais outra, "porque agora é que é"! E joga isto e experimenta aquilo! E a quantidade de agarradinhos que por lá anda? Vivem e comem. Será que dormem? Sim, alguns sim. Há salas abertas 24horas! Too much!

 

 

O país dos sabores

haagen-dazs japao.jpg

É normal em todos os países encontramos determinados produtos que não existem no nosso, mas o Japão supera todos os países. Viajar pelo Japão é uma viagem por sabores bizarros. Os sabores mais comuns são os de feijão e os de chá verde - há bolinhos, há Kit Kat, há gelados da Haagen-Dazs, etc. Vimos nas lojas Ice Tea de Lima e Ice Tea (preparem-se) com leite, tipo chá à inglesa.

 

 

Procura-se!

crime japao.jpg

Não se vê um polícia no Japão - falo sério, sem ser seguranças no aeroporto ou nos museus, por exemplo, não me recordo de ver as chamadas "figuras da autoridade". E mesmo assim, é um país incrivelmente seguro. Talvez por isso, me fascinassem tanto os cartazes à Velho Oeste, com recompensas pelos criminosos mais perigosos do Oriente! De que seriam acusados eles? De usar um garfo, em vez de pauzinhos?

 

 

Trabalhar no Japão

trabalhar no japao.jpg

Apesar do país atravessar um momento delicado, devido ao elevado número de japoneses envelhecidos; o desemprego não parece ser um problema para aqueles lados. Por exemplo, o trabalho deste senhor, era segurar a cordinha e criar, assim, um corredor duplo. Muito certo!

 

 

Manga erótico

manga japao.jpg

Manga e Japão não é estranho, mas o que dizer sobre a vastidão da secção de manga erótico e homossexual nas livrarias, hum, hein?

 

 

Quem te avisa, teu amigo é

metro japao.jpg

Sem comentários!

 

 

A sério, quem te avisa...

viajar japao.jpg

Há avisos para tudo! A minha teoria é: se acontecer, eles podem sempre limpar as mãos e dizer: "nós avisamos! O problema não é nosso."

 

 

No comboio

comboio japao.JPG

O senhor revisor, assim como a senhora que passa com o carrinho e vende chocolates, doces, etc. sempre que entram na carruagem, fazem uma vénia e cumprimentam os passageiros - apesar de ninguém lhes passar cartão. E quando saem da carruagem, a mesma coisa.

 

6 comentários

Comentar post