Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Estados de alma num safari

kruger africa do sul.png

 

Quando fui à África do Sul, na hora de planear a viagem, deixamos o Kruger para o fim. O Kruger é uma coisinha do tamanho da Bélgica, situado no nordeste do país. O parque é a maior reserva natural da África do Sul e aqui podem ser vistos vários bichos, entre eles os big five, designação dada aos grandes predadores: os leões, os rinocerontes, os búfalos, os elefantes e os leopardos. Dentro do parque existem vários tipos de hospedagem, pois é possível passar a noite lá, no meio da selva, cheios de bichosas à volta - sempre com regras, por exemplos, sem guias, os visitantes só podem andar no parque entre as 5h30 e as 18h00. Quanto custa? Existe alojamento para todos os bolsos, desde 20 euros por noite, a hotéis super exclusivos e luxuosos - e lamento, mas isso eu não sei quanto custa, que o meu orçamento não me permite.

 

Apesar de ser possível fazer safaris privados (há-os às 4h00, 12h00 e 18h00) - e valem a pena, na minha opinião. É tudo uma questão de sorte, porque os bichos não têm propriamente uma agenda e não obedecem  compromissos. Ainda assim, os safaris permitem ir a zonas e em horários, onde de forma natural não iríamos. No Kruger, o mais comum é um safari self-drive, onde cada um vai no seu carro e explora ao seu ritmo - sendo que há regras além do horários, como não passar ds 40 km, não sair do carro, etc. As pessoas estão por sua conta e risco e, sim, merda acontece.

 

No Kruger foi como ter 5 anos outra vez. Há uma excitação infantil, a roçar o histerismo, quando se vê um bicho, pela primeira vez. Depois há um deslumbramento, porque animais como um leão, um leopardo ou um elefante são mesmo muito especiais de ser ver. Vê-los em grupos, as dinâmicas, as crias, (tentativas de) caça, a comer, etc. E, sobretudo, vê-los ao longe, no seu habitat, sem bichos drogados ou mal-tratados ou acorrentados ou enjaulados. Como tem de ser. Bem, aqui ficam alguns estados de alma num safari 

 

A primeira vez que se vê um bicho qualquer

 

 

5 Dias de safari, uma banda sonora

 

A primeira vez que se vê um impala

 

 

A 837384768 vez que se vê um impala

 

 

Ooooooooooooh! Elefantes bebés!

 

 

Mais elefantes. Adoro elefantes!

safari kruger.png

 

 

Umas hienas rondam uma zebra. D/vida moral: torcer pela zebra ou pelas hienas? Ver uma caçada era fixe! Coitadinha da zebra! Escapou-se, felizmente! Oh, nada de caça!

 

 

 

Leopardo à vista!

big five kruger.png

 

Vê-se mais bichos pela manhã? ‘Bora acordar às 4h00!

 

 

 

Um leão. Uma leoa.

 

Quando todos os outros carros veem o leão

 

 

Como assim, ontem à noite entraram hienas no nosso campo?!

 

 

Onde estão os binóculos? Eu quero uns binóculos!

 

 

Uma hora no carro às voltas e nada…nem um bicho. Nada de nada zzzzzzz

 

 

Ooooooooooooh! Uma hiena bebé! Fofinha.

hiena bebe.jpg

 

Uma manada de leões! Um leão a comer!

kruger.png

 

Ooooooooooooh! Um, dois,... Três Simbas bebés!

 

 

Como assim, já acabou? Vamos embora amanhã?