Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Ele bate-lhe? Dê-lhe mimo e amor!

violencia domestica.jpg

Dona Maria da Glória conta à dona Carla Duarte que é vítima de violência doméstica, há mais de 40 anos. E o que responde a xô-dona Carla?

  • "Ele não tem ninguém. Ele de si quer uma mãe, não quer uma mulher"

  • "seja paciente"

  • dê "amor", dê "mimo"

  • "Você escolheu este homem e independentemente de tudo, por enquanto é com ele que vai ficar"

  • "Quando damos amor, recebemos amor, mesmo que seja em menos quantidade. Quando damos violência, recebemos violência. Se recebe violência, corte este ciclo e não dê violência por muito difícil que isso seja. O problema dele é ele próprio."

Afinal "você conhece-o bem" e como disse a xô-dona Carla "assim não piora"!

E detalhe, onde é que isto aconteceu? Na Sic. E já agora, não que isso importe muito, mas quem é esta conselheira cheia de saber? Mais não é do que a taróloga da Sic. Eu que sou uma pessoa que apesar de bastante abertas às crenças alheias, não posso deixar de sentir comichões com estas consultas em directo e via telefone, que custam horrores de dinheiro a quem ligam e onde se dão conselhos e opiniões como quem brinca com a vida alheia.

 

Senhora dona Maria do Carmo: não dê a esse homem nem mais um dia da sua vida! Deixe-o, contacte a polícia e a APAV. Que ele não lhe encoste nem mais um dedo, nem lhe dirija nem mais uma palavra ofensiva. Ignore os astros e as parvoíces da Carla e siga as suas próprias convicçõe. A senhora merece mais e melhor também. Violência doméstica é CRIME PÚBLICO, lembre-se também que A CULPA NÃO É SUA!!

 

 

17 comentários

Comentar post