Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

Maria vai com todos

Estórias. Histórias. Pessoas. Sítios. Viagens. Istambul. Riga. Cinco anos em Madrid. E agora Berlim.

A Jennifer Aniston está farta

Diz ela que não está grávida, que está farta!

Farta que lhe atribuam a milionésima gravidez, fartou-se de aparecer em capas só porque aparenta uma possível barriguinha, farta de toda esta pressão mediática, que reflecte também os valores deste mundo machista, onde se espera 837 mil coisas de uma mulher! Cada gaja sabe de si e das suas escolhas, diz a Jen. Cada mulher é livre de escolher o que é melhor para si, não precisando de um homem, de um filho, de um corpo à capa de revista para ser feliz ou sentir-se completa. Bravo Jen!

 

 

Recentemente cheguei aos 30 e com muitas amigas que chegaram ou estão em vias de, a conversa é sempre a mesma! Algumas falam até numa minidepressão, de uma pequena crise existencial. Como é que é possível? Gajas giras, confiantes, estudadas e em deprê?

Pior do que acharmos que aos 30 já deveríamos ter carro, casa, marido e com putos a caminho, é ter que responder ao mundo sobre isso. Até porque, não o queremos. E como fazer o mundo entender isso? Esta carga, esta expectativa vs realidade cansa.

E mais, quem é que quer aos 30, tudo isto?
Bla bla bla a instabilidade, o desemprego, ... não é disso que estou a falar. Sejamos práticos, alguém quer mesmo aos 30 já ter filhos, família, casa e carro para pagar? E as viagens? E beber copos? E ir jantar fora ou comer cereais no sofá ao jantar?
Eu não acho que sejamos menos ou mais maduros, mais ou menos egoístas, acredito, sim, que temos outras prioridades e/ou queremos concretizar outras coisas. Coisas essas, atenção, que não têm de ser um filho, um marido ou uma hipoteca.

Menos pressão, menos perguntas tipo "então, não te casas?", "para quando esse bebé?", "tic-tac... olha o relógio... tic tac".
Deixem a Jen em paz, deixem as gajas deste mundo em paz e sejamos todos mais felizes, sem crises, dramas ou expectativas!

 

 

10 comentários

Comentar post